PORTALAZAMERICA
Recomendamos
PORTALAZAMERICA
Recomendamos
PORTALAZAMERICA
RIFA DO PORTAL Compre já seu número
RIFA DO PORTAL

PORTALAZAMERICA
Erro ao acessar o xat entre nesse link >> Clique Aqui
BEM VINDO AO CHAT DO PORTAL AZ AMERICA! Temos Atualização AZ AMERICA, ATUALIZAÇÃO AZBOX, ATUALIAÇÃO DUOSAT, ATUALIZAÇÃO TOCOMSAT, ATUALIZAÇÃO TOCOMLINK, ATUALIZAÇÃO CINEBOX, AZAMERICA, AZBOX, DUOSAT,TOCOMSAT, TOCOMLINK, FREESKY, DREAMBOX, AZGOLD, AZ-AMERICA, GLOBALSAT, GIGABOX, MEGABOX, AKBOX, ALPHASAT, AMERICABOX, ATLAS, ATV, AUDISAT, AZ AMÉRICA, AZBOX, AZCLASS, AZFOX, AZFREE, AZGOLD, AZPLAY, AZPLUS, AZSAT, AZSKY, BOXAT, CINEBOX, CLONES, CLOUD HD, DONGLES, DREAMBOX, DREAMEDIA, DUOSAT, EUROSAT, EVOLUTIONBOX, FREEI, FREESATELITE, FREESKY, GALAXY, GENIO, GIGABOX, GLOBALSAT, GO SAT, ITV, MAXFLY, MEGABOX, MIUIBOX, NAZABOX, NEONSAT, NETFREE, NEWSAT, OMEGA, ONDUO, OPEN, OPENBOX, PERABOX, PHANTHERSKY, PHANTOM, PREMIUMBOX, PROBOX, SATBOX, SHOWBOX,SKYBOX, SKYSAT, SMARTBOX,SMARTONE, SONICVIEW, STARBOX,STREMIOBOX, SUPERBOX,TELEISAT,TOCOMBOX – TOCOMSAT, TOCOMLINK, TOCOMFREE, TOPFREE, TUNING UP, ULTRA-BOX, VIUBOX, VIVOBOX, VOLCANOBOX, ZATBOX, ZBOX e muito mais...!


Anuncie aqui
PORTALAZAMERICA
Portal Recomenda
PORTALAZAMERICA
Recomendamos
CONCERTO DOS DECOS

฿ Conheça o Mundo de Bitcoin ฿



18 janeiro 2017

Novo projeto de lei é rejeitado, e assinante não poderá escolher o receptor de TV paga - 18/01/2017

Novo projeto de lei é rejeitado, e assinante não poderá escolher o receptor de TV paga - 18/01/2017


Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática rejeitou o Projeto de Lei 2035/15, do deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB), que permite ao consumidor escolher o decodificador para receber sinal de TV por assinatura. O texto inclui a regra na Lei 12.485/11, que trata do serviço de TV por assinatura.

A proposta torna nulas as cláusulas em contrato de TV por assinatura que vinculem a prestação do serviço a aquisição, aluguel, comodato ou recebimento de aparelho de decodificação da mesma empresa. O texto também veda técnica para a empresa bloquear o funcionamento de decodificador de terceiros, desde que o aparelho seja homologado e produzido de acordo com norma federal.

Atualmente, as empresas de TV por assinatura, ao venderem canais pagos, instalam um aparelho próprio para o cliente ter acesso ao serviço. Ao conectar o receptor em uma antena, a pessoa passa a visualizar a lista de canais disponíveis no determinado satélite, a partir do serviço adquirido.

Para o relator na comissão, deputado Francisco Floriano (DEM-RJ), desenvolver um único decodificador para todas as plataformas de TV por assinatura é economicamente inviável e extremamente complexo, do ponto de vista técnico. “O modelo vertical seguido pelas operadoras em todo o mundo, com decodificador, é crucial para manter ambiente seguro para conteúdo e garantir inovação no desenvolvimento de aparelhos”, disse.

Segundo Floriano, a experiência norte-americana, sem o uso de decodificador incluído – de 1990 a 2005 -, teve vendas insignificantes, pois não conseguiram oferecer as mesmas funcionalidades dos decodificadores das operadoras.

O relator afirmou que a proposta implicaria a necessidade de se contratar serviço para instalar o decodificador, que já é incluído no serviço de TV por assinatura.

De acordo com as operadoras de serviço, há mais de dois milhões de terminais piratas atualmente no Brasil.

A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

CRÉDITOS: O UNIVERSO DA TV
AJUDE O PORTAL AZ AMERICA


Qualquer doação é bem aceita ....

Conheça nossos Canais > YOUTUBE | FACEBOOK | TWITTER
Receber Atualizações